Rosas e Poesia

eu-te-declaro-culpado

 

Eu te declaro culpado!

 

Eu te declaro culpado!

Pela minha insônia causada pelas lembranças daquele dia,

Pela minha cara de sono das noites mal dormidas que todo mundo andou reparando esses dias,

Pelo fato de eu não conseguir tirar você da minha cabeça,

Pelos beijos intermináveis quando estávamos a sós,

Pela sua teimosia ser um charme,

Pelo simples fato de fazer eu te transformar em poesia,

Pois quero deixar marcado que um dia o “nós” aconteceu. ❤

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar. 😉

Rosas e Poesia

menina coração de pedra

Menina coração de pedra

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que nunca chora? lágrimas não são sinais de fraqueza,

não deveria ter vergonha.

Ela: Tenho dificuldades pra chorar,

não acho que lágrimas sejam sinais de fraqueza,

mas não gosto que ninguém me veja chorar.

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que o seu lado frágil você tem que esconder?

Ela: Quando mostrei meu lado frágil só fui pisada,

esse lado só mostrarei para a pessoa que merecer um dia.

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que quando alguém chega perto do seu coração

você tende a se esconder?

Ela: A pessoa que quiser o meu coração virá atrás de mim

e lutará para adentrar o meu coração,

se ela desistir de mim tão fácil então na verdade nem era amor.

Ele: Menina coração de pedra acho que agora eu começo a te entender,

você tem medo de ser machucada de novo porquê já foi machucada demais

e não quer sentir essa dor de novo.

Ela: Alguém finalmente me entendeu! e por favor para de me chamar assim

“menina coração de pedra”, “menina coração de pedra”, “menina coração de pedra”,

parece que nunca paro de ouvir essa frase, eu sei que pode não transparecer

mas machuca demais… agora tenho que ir, até mais.

Ele: Até mais pequena garota.

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar.

 

Rosas e Poesia

tic tac

TIC! TAC!

Tic! Tac!

Já está de madrugada?

Ainda não estou cansada.

Tic! Tac!

Fico perdida em meio as nossas mais belas lembranças,

Dias de riso fácil e felicidade indescritível.

Tic! Tac!

Essa insônia não vai embora?

O que devo fazer agora?

Tic! Tac!

O doce gosto do teu beijo em minha boca eu ainda lembro,

Seu olhar pra mim tinha o brilho de uma constelação inteira.

Tic! Tac!

Mas infelizmente acabou!

E essa casa agora anda silenciosa demais.

Tic! Tac!

Durante a noite só o que ouço agora é o barulho deste irritante relógio.

Aaaah! que saudade das nossas bagunças!

Tic! Tac!

Mas agora eu tenho que seguir em frente, o que tivemos já tinha acabado a muito tempo,

No entanto não se preocupe guardarei as lembranças felizes comigo sempre.

Tic! Tac!

Foi melhor assim,

Ao menos continuaremos como amigos.

Tic! Tac!

Vou dormir, é sério que já são 04:00?

Meu Deus, como o tempo passa rápido!

Tic! Tac!

E ao me deitar, a nossa última lembrança eu vou guardar no mais doce sorriso desta noite…

Enquanto isso, o relógio não para!

TIC! TAC!

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar.

 

 

Rosas e Poesia

 

 

amigas

Acorda garoto!

Acorda garoto!

Depois de todo esse tempo você achou que ela ainda estaria chorando por você?

Quem foi que te iludiu?

Ela é uma princesa guerreira,

Aprendeu desde cedo que chorar por causa de rapazes é perda de tempo.

 

Acorda garoto!

Enquanto você se ilude com os seus pensamentos

Ela está vestindo o seu mais belo sorriso,

Hoje ela resolveu decorar o coração com felicidade

E passar o dia se divertindo com os amigos.

 

Acorda garoto!

Ela só quer ser feliz e se divertir,

Quer colocar a música no volume máximo enquanto dança sem parar.

 

Acorda garoto!

O passado dela fez com que ela aprendesse a ser mais forte,

Ela sempre segue de cabeça erguida,

Ela não vai chorar,

Ela vai pular, dançar, e gritar para o mundo que ela só quer se divertir.

Então para de se achar o fodão pensando que ela está sofrendo por você e vê se

ACORDA GAROTO!

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar.

 

 

 

Rosas e Poesia

E aí galera, tudo bem? hoje venho trazer um novo quadro para o blog, toda vez que estiver escrito no título “Rosas e Poesia”, é porque eu estarei escrevendo uma poesia de minha autoria, então por favor não copie sem creditar. Então sem mais delongas, vamos a poesia:

máquina de escrever

Garota

Garota poeta que dos sentimentos faz verso

O que esconde por trás dessas poesias?

Um amor? Um coração partido? Ou talvez seja apenas outro amor não correspondido?

 

Garota, porque está chorando? Ele te magoou?

Por favor não derrame lágrimas por quem não te merece.

Garota, você não vê? Tolo é ele

Por não gostar de uma pessoa maravilhosa como você.

 

Garota, erga essa cabeça,

Você é uma das mais belas princesas,

Não deixe sua coroa cair por causa dele.

 

Garota, coloque sua música favorita no último volume,

Chame os amigos, vista o seu mais belo sorriso,

vá se divertir e nunca mais deixe o seu coração se partir.

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar.