Rosas e Poesia

menina coração de pedra

Menina coração de pedra

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que nunca chora? lágrimas não são sinais de fraqueza,

não deveria ter vergonha.

Ela: Tenho dificuldades pra chorar,

não acho que lágrimas sejam sinais de fraqueza,

mas não gosto que ninguém me veja chorar.

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que o seu lado frágil você tem que esconder?

Ela: Quando mostrei meu lado frágil só fui pisada,

esse lado só mostrarei para a pessoa que merecer um dia.

Ele: Menina coração de pedra eu queria te entender,

por que quando alguém chega perto do seu coração

você tende a se esconder?

Ela: A pessoa que quiser o meu coração virá atrás de mim

e lutará para adentrar o meu coração,

se ela desistir de mim tão fácil então na verdade nem era amor.

Ele: Menina coração de pedra acho que agora eu começo a te entender,

você tem medo de ser machucada de novo porquê já foi machucada demais

e não quer sentir essa dor de novo.

Ela: Alguém finalmente me entendeu! e por favor para de me chamar assim

“menina coração de pedra”, “menina coração de pedra”, “menina coração de pedra”,

parece que nunca paro de ouvir essa frase, eu sei que pode não transparecer

mas machuca demais… agora tenho que ir, até mais.

Ele: Até mais pequena garota.

 

Essa poesia foi escrita por Milla Duarte, por favor, não copie sem creditar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s